Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, October 6, 2015

Se pensam comprar botins, arranjem uns destes.


Botim Zara (pele)

Já se sabe que os botins estão para ficar; as consumidoras não se fartam deles nos vários tipos, alturas e feitios. Confesso que demorei um pouco a render-me por causa da minha visão muito racional no que diz respeito ao styling. Achava (e continuo a achar, vá) que podem ser encantadores, edgy e práticos (afinal, para começo de conversa dão jeito para aqueles dias em que chove ou está frio para usar sapatos, mas não tão frio que se suportem botas) mas é preciso encontrar  o(s) par(es) certo (s) para que façam o efeito que se quer. Nada que me impedisse de ir adquirindo uns quantos das marcas mais variadas, sou franca, mas demorei a partilhar tanto entusiasmo porque o que mais se vê por aí são mulheres a usar os botins errados para elas.

É preciso alguma atenção - consoante o efeito que se pretende - para escolher modelos que alonguem a figura ou pelo contrário, para que não criem "pernas de alicate" em quem se considera demasiado magra. E esta "arte" tem pouco a ver só com o tamanho e tipo de salto. É preciso considerar o cano, a inclinação e outros aspectos. Calçadozinho subtil e cheio de manhas, o botim! 
Sem esquecer que é imprescindível encontrar um par MESMO CONFORTÁVEL, todo o terreno (em versão prática, de sair ou versátil) para que se faça justiça à ideia "os meus inseparáveis botins" divulgada até à exaustão em artigos dos sites e revistas da especialidade. 

E o que é "esse botim especial"? É aquele que que favorece a figura de acordo com as necessidades da silhueta de cada uma; que não magoa nos pés nem pesa nos tornozelos (muito importante, já que os botins se apoiam nessa zona sensível); que dá uma aparência elegante às pernas e combina com saias e calças.


Botins de tacão baixo, Zara


Muitas grandes casas de moda fazem botins-investimento confortáveis até para quem não está muito convencida (recomenda-se Balenciaga para os de salto altíssimo e Prada para tacões largos super cómodos)  mas como já tenho dito por aqui, sou uma grande fã do calçado da Zara. Prefiro-o mesmo à maioria das marcas "médias", que quase sempre acabam por magoar os pés e estimo os meus pares preferidos com o mesmo carinho que tenho pelos seus primos com mais pedigree que moram no meu closet. Se não é de griffe, convém que seja Zara. Além de reproduzirem os designs mais recentes, são modelos que não magoam e duram, duram, duram- em especial se optar por pele verdadeira.

 Ora, já se sabe que a Zara tem o bom hábito de repetir moldes. Eu tinha comprado um modelo quase igual ao destas imagens, de uma colecção anterior (tenho-o também na versão bota overknee) mas só este Outono lhe prestei atenção. Já suspeitava que ia correr bem, porque o ano passado não larguei as botas até à Primavera. Mas tenho andado com eles e...oh maravilha! Além de extra resistentes, estáveis e de não incomodarem minimamente os pés, dão uma postura elegante e combinam com quase tudo. Ontem usei-os com umas simples calças cigarrette de cintura alta e dão uma linha impecável (além de ter caminhado como uma peregrina sob chuva intensa sem me cansar).

Se estão à procura dos "vossos" botins (ou querem mais um par de confiança) estes valem mesmo a pena. Não sei se me seguro que nos saldos não traga mais uns, porque peças tão multi-usos é aproveitar quando aparecem...










No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...