Recomenda-se:

Netscope

Sunday, November 1, 2015

Frase do dia: just because you can, doesn´t mean you should

"Because we can can-can..." lá dizia a música


Lida aqui, num texto muito bem escrito a propósito de um assunto batido à exaustão cá no boudoir.

"Só porque podes, não quer dizer que devas" - é uma grande verdade de bom senso. Até vem, com  destaque, no Bom Livro, soberbamente escrita por alguém que bem sabia o que era errar (e que tinha uma extraordinária habilidade com a pluma). "Sei que posso fazer tudo, mas nem tudo me convém". 

Todos sabemos que isto é verdade e que se aplica às mais variadas coisas: às velocidades, aos excessos, às companhias, atitudes, relacionamentos, hábitos, roupas... e no entanto, o  "mostrar que se pode", ou que também se pode, nunca esteve tanto em voga como agora, mesmo quando aquilo que se pode efectivamente fazer, no exercício da "sacrossanta" liberdade (que é um bem maior, mas exige  gestão, e que se tornou quase uma obsessão para muita gente) não favorece, nem ajuda, nem convém a quem o faz.

"Because I can" é má receita. Há quem trate mal os outros e até as pessoas de quem gosta...porque pode. Ou acha que pode. Quem se ponha feia de propósito, vestindo o que lhe cai pior, só para mostrar "as gordinhas também podem". Quem tome atitudes disparatadas para a sua idade, só para dizer a si mesma (o) " não são só os jovens que podem", quem faça coisas arriscadas ou inconvenientes em modo Carpe Diem, para desafiar a família, a sorte ou o que seja...porque pode. O "porque posso" tem as suas vantagens, mas também é responsável por muitas más figuras, muitos problemas, muitos arrependimentos grandes e pequenos. Definitivamente, "poder" não é tudo...

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...