Recomenda-se:

Netscope

Sunday, November 22, 2015

"Se pode facilitar, não complique"


Muita gente devia dizer isto como uma mantra. Melhor ainda: colar, fixar ou escrever esta regra simplicíssima no frigorífico, para a absorver ao pequeno almoço; no espelho da casinha ou no tecto do quarto, para olhar para ela assim que acorda, quando a mente ainda está fresca e impressionável (uma explicadora de Matemática jurou-me que resultava para fixar as fórmulas). Ou tatuar isto num local bem visível, eu sei lá.

Isto porque a  vida já tem tantas contrariedades e aborrecimentos a fugir da nossa mão, que não dependem do nosso controlo...chega a ser estúpido inventar outras, criar tempestades em copo de água, procurar piolhos num ovo ou bater no ceguinho por detalhes. Seja em casa, num relacionamento ou no campo profissional, não entendo esta mania de criar dificuldades onde elas não existem, ou complicar ao infinito o que só precisa de um jeitinho.



Quase se passa mais tempo no "daqui me perguntaram, daqui me responderam..." do que a tratar da questão em si. E quando de facto se trata da questão, já se vai descabelado, enxofrado, doente dos nervos, provadinho pelo fogo. 


Um  Santo dos nossos tempos disse que devemos dar graças quando nos tiram do sério, porque tudo isso contribui para a nossa purificação e aperfeiçoamento (no melhor modo paciência de Job) mas tenho para mim que há-de haver meios menos stressantes de nos tornarmos pessoas melhores...

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...