Recomenda-se:

Netscope

Monday, December 28, 2015

Ora vamos lá calçar os ténis do momento!



Facto: tenho uns Stan Smith em casa, que cá vieram parar por mera carolice. Facto nº2, não os acho a coisa mais confortável deste mundo, não. Ainda só os testei dentro de portas mas quer-me parecer que magoam o artelho - essa coisa de os ténis serem universalmente cómodos é uma patranha monumental, por isso costumo ficar-me por Nike, Puma e as botas Timberland que até ver nunca me pregaram nenhuma partida. A ver vamos se consigo dar a volta para os tornar mais simpáticos, que costumo ser um ás em domar calçado rebelde. Depois, quando se trata de ténis é preciso ter algum cuidado para funcionarem com as formas femininas- por norma, no quesito rasos acho as botas, sandálias ou bailarinas mais favorecedoras e democráticas do que o calçado desportivo. 



Mas eis que- facto nº3 e que me surpreendeu - devo ter usado o dedo que adivinha do costume porque achei graça aos ténis (são um clássico, afinal) sem reparar que eram, ou iam ser, tendência. Mas a verdade é que estão por todo o lado. Nos street styles da vida e na boca das celebridades: David Beckham, por exemplo afirma que os Stan Smith com uns jeans são o que mais gosta de ver na sua mulher - a habitualmente super avessa a ténis Victoria.



Não compraria os Adidas de propósito tendo em conta o uso ocasional que dou a esse tipo de calçado, mas já que cá estão, é estúpido não fazer alguma coisa com eles. De modo que tenho estado de olho nas toilettes que por aí vejo construídas em torno dos Stan Smith. Muitas eu não recomendaria (camisolão XXL super comprido+ skinnies; fato compostinho + Stan  Smith; ou com certas saias curtas mal escolhidas), pelo menos não a toda a gente.


No entanto, quem souber jogar com as proporções e as cores poderá ter aí um bom investimento para calçado todo o terreno, e mais versátil do que parece:

- O modelo presta-se bem a calças justas, e.g. skinny, breeches e jeggings -principalmente curtas no tornozelo, como é tendência agora. O contraste entre a largura dos ténis e as calças estreitas alonga as pernas.E quem quiser ir mais longe, pode experimentar com umas calças clássicas estilo cigarrete. Em cinza ficam muito interessantes; recomendo tentar o look abaixo com umas calças parecidas, de preferência um pouco mais afuniladas:


- Também funcionam relativamente bem com boyfriend jeans não muito largos (ou girlfriend jeans) dobrados no tornozelo. Esta última fórmula é um pouco mais arriscada, mas pode resultar com uma simples t-shirt de mangas 3/4 e um bonito sobretudo descontraído, canadiana curta ou pea jacket




- Esses modelos de casaco são os que melhor se adequam  aos Stan Smith (um sobretudo curto em tweed fica o máximo) mas um blazer ou sports jacket, um biker ou mesmo uma gabardina longa também funcionam às mil maravilhas.

- Optando por calças justas, pode brincar-se com os extremos: ou com uma camisola larga, comprida ( sem exagero e que termine exactamente sobre as coxas) ou, se a cintura for alta, com um top curto ou camisa por dentro.



- Como quaisquer ténis, emprestam um ar mais inocente a saias e calções curtos, com um toque (vá-se lá saber porquê) mais requintado e clean do que outros modelos. Nestes casos impõe-se o bom senso e sentido das proporções para tornarem a figura esguia, bem como o uso de peças mais soltas e modestas para cima.


- O aspecto mais curioso é que, sendo brancos, estes ténis estão em voga para o Inverno a par com preto e materiais pouco desportivos como o couro (a minha combinação preferida é mesmo skinnies em pele ou napa + Stan Smith) a fazenda, a lã...  com peças femininas ou sofisticadas, como blusas e acessorizados com carteiras "bem comportadas", das totes às chain bags.


 A única regra para os fazer funcionar sem cair num look desleixado parece mesmo ser coordená-los com tons neutros (preto, branco, cinza, camel, navy, nude...).


                                         




Fica a dica para quem já tem uns em casa que lhe apeteça luzir por aí, ou para quem está a ponderar a compra. Vou dar umas voltas nos meus e depois conto como foi.

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...