Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, January 27, 2016

As coisas que eu ouço: duas palavras novas


Cada dia, uma novidade...eis que esta semana aprendi duas de que nunca ouvira falar...isto realmente, só se entedia quem não tem imaginação nem presta atenção ao que se passa.

1- Uma alma amorosa mas taralhoca lá de casa: "esse tipo esbanjou a fortuna toda em mulheres e vinho verde; era mesmo um «doidivã»". É que com a pressa de contar a história, a pessoa 
baralhou-se e fez um portmanteau entre "doidivanas" e "bon vivant". Acho uma palavra genial, lá por causa das coisas. Tenho visto por aí muito "doidivã" e ouvido falar em mais uns quantos estroinas destravados de tal ordem  que chamar-lhes apenas "doidivanas" ou "bon vivants" é um eufemismo. É preciso acrescentar algo que soe a divã, pois uma visitinha ao psicanalista só lhes fazia era bem. Inauguro pois a palavra e faço questão de a utilizar daqui para a frente!

2- Um grupo de rapazes brutamontes num café famoso pelas suas bifanas (fiquei um pouco desiludida com as ditas, mas sempre aprendi uma palavra diferente). "Que «gaja» horrível! Vejam só, um «gajo» que joga no Benfica arranjar um «saco» destes! A tipa é um autêntico «saco»!».
 Pois bem, no tempo da avó o nome para as raparigas desengraçadas era "frasco". Também já tinha ouvido os brasileiros referirem-se a uma pessoa chata, maçadora, inconveniente, como "saco" ou "mala sem alça" ou visto quem comentasse de alguma infeliz "aquela mulher é tão feia que devia trazer um saco pela cabeça". Confesso que também já classifiquei algumas criaturas mal enjorcadas de "saco mal atado" ou "saco de batatas" (cá com os meus botões, claro; não tive a indelicadeza de lhes dizer tal coisa, embora se calhar lhes prestasse um favor). Mas saco, assim só, saco, para chamar feia a uma pobre coitada, é inteiramente novo. As pessoas são mesmo criativas quando se trata de cortar na casaca alheia...

E no meio disto tudo, fiquei sem saber quem era a mulher, para ter a certeza se era assim um "saco" tão grande ou se estavam só a ser mauzinhos. 





No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...