Recomenda-se:

Netscope

Friday, January 8, 2016

Frase do dia: o único termo de comparação que importa



"A única pessoa a quem deves comparar-te é a pessoa que eras ontem, 
e tentar ser mais forte do que isso".

vos falei de como aprecio alguns vídeos desta divertida instrutora de Pilates. E acredito muito naquele adágio que quem pratica sabe: "a vida é como o Pilates; se tudo parece fácil demais, não estás a obter bons resultados". Mas seja em termos de boa forma, de sucesso profissional ou pessoal, o pensamento de Cassey Ho é bem verdadeiro: comparar-se a  quem quer que seja é o pior atraso de vida possível. Isso e permitir conselhos ou opiniões demasiado veementes, vulgo interferências que ultrapassam a esfera do razoável.

Ser o mestre do seu barco é mais difícil do que parece. Às vezes é preciso fazer-se cego, surdo e mudo e ter no espelho - ou no Eu interior, ou lá como lhe chamam - o melhor conselheiro. Ouvir o instinto, o travesseiro (sábia dica que um bom doutor deu à minha avozinha no tempo da outra Senhora) e dizer para si próprio (a) "aqui mando eu e eu é que sei" mesmo que não saiba lá muito. Porque o que está correcto para cada um não é o que a vizinha é, faz ou tem; nem necessariamente o que quem lhe quer bem acha que deveria ser. At the end of the day, por muito que os outros tomem as dores ou partilhem os louros, é cada um que tem de lidar com as consequências das escolhas que fez: então, para o bem e para o mal, convém que seja o único responsável pelo desfecho...

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...