Recomenda-se:

Netscope

Friday, February 26, 2016

Espero que não tenham deitado fora as vossas "extravagâncias de ganga"



Top estilo bustier e shorts, Valentino


Eu sei que me livrei de algumas - não que alguma vez tivesse sido grande acumuladora de jeans com enfeites ou de peças que não é suposto serem feitas de ganga. O meu minimalismo/preferência pelos looks clássicos e depurados do costume levou-me a seleccionar o denim que de fonte limpa me vai bem: tons escuros ou lavagens simples, cortes intemporais, camisas, uma ou outra saia lápis e vestidos, jeans brancos estilo Jackie Kennedy (que por mais que se diga que a regra é obsoleta, não consigo usar no Inverno)...

Acho que na ânsia de limpeza escaparam uns jeans bordados Kenzo, um busão Levi´s vintage com motivos flower power e um jumpsuit Mango (que esse sim, usei bastante...).

Se não fizeram tal exorcismo, a boa notícia é que poderão reciclar muito do que se viu e fez as delícias das coleccionadoras na viragem do milénio. Felizmente não me consta que vá voltar a popularizar-se a combinação "jeans+ top de sair" para a noite (deixemos essas informalidades em 2001, onde pertencem).


Vestido Steve J & Yoni P


 Mas para o dia, vale tudo: além dos flare jeans e das calças boca de sino de todos os comprimentos, dos skinny que teimam em não sair de cena em todos os tons, de culottes e track pants, a ganga apresenta-se num verdadeiro show de variedades: de tops bordados a corpetes, de saias linha A a ganga franjada e desfiada como não se via desde finais dos anos 90, passando por blazers, jardineiras e casacos de todos os feitios.


Casaco de ganga desfiada, Marques ´Almeida


Não aconselho um grande investimento (salvo às verdadeiras fanáticas) mas de repente, o que parecia datado torna-se cool. Já sabemos que a moda funciona mesmo assim, mas nunca deixa de ter a sua graça quando acontece...

Jardineira
Stella McCartney



No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...