Recomenda-se:

Netscope

Sunday, February 21, 2016

Nunca julguei dar razão a Justin Bieber...




Porque o raça do cachopo tem uma cara de parvo que quem lhe der dois tabefes (God bless you, Orlando Bloom) presta-lhe um favor e fora aquela cantiguinha do if I was your boyfriend não lhe acho grande graça à música. 

Mas esta que tem andado a passar e que eu nem sabia que era dele, não só é orelhuda como tem um jogo de palavras bastante inteligente para mandar alguém à fava: "oh baby you should go and love yourself". Estão a ver?

 Assim como quem podia pôr um palavrão ali na frase - até cabia, metricamente falando-  mas sem pôr. A dizer exactamente o mesmo, mas de forma educada. Em vez de um 
vai-te...bem, vocês sabem, ou até de um mais inofensivo mas pestilento ou desagradável "vá-se catar", "vá lamber sabão" ou "vá-se encher de moscas" é um "vai ver se te amas a ti mesma" ou um "vai-te maçar a ti própria" e fica o recadinho dado. 



Neste caso a canção refere-se a uma ela (namorada ou ex aborrecida) mas tal como a versão malcriada se aplica a qualquer pessoa incómoda,  um "vá-se amar" pode poupar muita indelicadeza. Afinal, quem importuna os outros quase sempre tem problemas de amor próprio. Ou questões que só a si dizem respeito mas que descarrega nos demais. Quem causa problemas é quase sempre gente mal amada. Que até pode precisar de ser mandada a uma certa parte ou fazer qualquer coisa indecente a ver se acalma, mas provavelmente precisa mais é de gostar de si própria (o). Parece que até Justin Bieber sabe disso.

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...