Recomenda-se:

Netscope

Thursday, March 31, 2016

6 "coisinhas" que podem mudar um visual


 Uma boa cara e um porte confiante dependem às vezes de pequenos nadas como estes...


1- Trocar o saco a tiracolo por uma carteira de mão



Don´t get me wrong: há sacos e carteiras a tiracolo adoráveis, incluindo os elegantes bucket bags- mas usá-los demasiados dias seguidos pode fazê-la corcovar e dar-lhe um ar cansado, especialmente se o saco for grande, maleável e tiver a tentação de guardar o mundo lá dentro. Se as alças forem algo finas, pior será! Por isso, ao fim de uns dias convém mudar para uma carteira com mais estrutura e que possa segurar no braço, o que dá um "ar de dignidade" instantâneo. É possível ainda optar pelo melhor dos dois mundos: uma carteira firme q.b., que tenha pega de mão e uma alça para trazer ao ombro.

Outra formas de dar a volta a essa "mania": usar uma satchel bag ou uma chain bag, estilo Chanel. Como não são muito grandes, não chegam a pesar por mais que queira, e dão sempre um aspecto compostinho.


2- Livrar-se de casacos demasiado grandes para o seu tamanho

Balenciaga

Mesmo que um casaco, sobretudo ou anorak seja oversized ou de corte largo/solto, se o tamanho for muito grande para si nunca assentará nos ombros nem nas costas e vai parecer sempre entrouxada...e um pouco desleixada, estilo hippie nómada em modo vagabundagem de Inverno. Por muito elegante que seja a roupa que traz por baixo, um casaco faz - ou neste caso, estraga - um outfit. Isto acontece muito quando se compram casacos vintage - às vezes são tão lindos, o material é um mimo, o número não é bem aquele, mas passa...Se gosta mesmo dele, peça à costureira para o ajustar. Melhor ainda, mande "dar um jeito" em todos os casacos que não lhe caem na perfeição. Assim não corre riscos.

Outra formas de dar a volta a essa "mania": dar prioridade aos trench coats e outros modelos que tenham cinto. Ainda que fiquem um pouco folgados, mostrando que tem cintura nunca se "afogará" tanto na roupa.

Mais uma dica: reserve os casacos mais volumosos, soltos, ou de corte "boxy" para usar com os saltos mais altos e largos. Melhor ainda, com cuissardes, se tiver pernas elegantes. O comprimento da botas e a altura do tacão vão alongar a figura e dar suporte ao volume do agasalho sem atarracar.


3- Pele SEMPRE uniforme



 Por muito que se goste de um look natural (e que se tenha uma pele boa e bem tratada) um rosto uniforme, sem olheiras de maior, brilhos ou vermelhidões do frio/calor... tem outra luz. Adoptar um CC ou BB Cream levezinho é a forma mais rápida de o conseguir sem parecer muito "pintada". 


4-Trocar de bâton

Bâton Velvet Mat, Kiko


Não percebo as mulheres que dizem "não tenho tempo para pôr bâton"! Um bâtonzito passa-se nos lábios até em andamento. No entanto, vejo muitas que andam descoradas por aí, ou que optam por um gloss pegajoso que não vai lá nem faz nada, sem falar nas que escolhem rosas-pálidos que dão aquela "cara de doente". Também os nude têm armadilhas, já que o nude lindo de uma é o "bâton terroso" de outra. Mas uma coisa são as cores da moda ou as extravagâncias num desfile, outra é o benefício para a vida real: mate ou translúcido, um bâton deve dar vida ao rosto. Um tom clássico de encarnado (as tímidas podem optar por um cremoso e transparente, ou um lápis bálsamo) com tons rosados para as louras, alaranjados para as ruivas ou de vinho para as morenas é uma escolha básica, que ilumina os traços e realça a beleza num ápice.


5-Actualizar os soutiens




Isto toda a gente sabe que é importante, mas às vezes deixa passar porque enfim, "este ainda está bom". Porém, um soutien que até seja do modelo apropriado mas tenha "relaxado" um pouco nas alças não só desfavorece a figura, como pode instantaneamente dar a ilusão de um ar envelhecido, cansado, curvado - além de aparentar um certo desmazelo. Se o usar sob malhas, pior um pouco. Para resolver isso de vez, livre-se sem dó de todos os que lhe despertam dúvidas. Quando se trata de roupa interior é preferível ter uma quantidade limitada, mas eficaz, do que ir buscar aquele soutien que é giro mas já não se lembra se assenta bem ou não e passar o dia a sentir-se...bom, fora do sítio.

Mais uma dica:Também conheço quem tenha dificuldade em achar o seu número exacto nos modelos que lhe ficam bem em termos de copa...e remedeie o problema mandando ajustar alças e costas na costureira. O que por sua vez, também faz com que durem mais tempo. É uma solução boa e em conta, principalmente se investiu muito numa lingerie mais especial, mas que não está a fazer grande coisa por si.

6 - Limitar-se a uma manicure simples

 
Base colorida Luminous Nails, Catrice


Há mulheres que são de extremos: umas enchem as unhas de efeitos e extravagâncias, outras deixam o verniz descascar ou andam sem nada. Para evitar quer o mau gosto e as canseiras escusadas quer o desleixo, nada como mãos cuidadas e bonitas... mas que dêem pouco trabalho. Um verniz espesso mas translúcido ou mesmo uma base com cor (existem tons nude lindos) aplica-se com facilidade e acaba-se o terror das pontas estaladas ou de um detalhezinho que não saiu perfeito. Manter as unhas curtas e limadas também é um bálsamo de elegância no actual panorama de garras de meio metro. Quem não tem tempo, simplifica!










No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...