Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, March 16, 2016

Coisas que é um sarilho para encontrar nas lojas #1: botas para usar com saias




Antonio Marras


Passei o Inverno arreliada com isto, e como apesar de a Primavera estar à porta o frio ainda se faz sentir, tive de analisar o caso que me tem complicado a escolha das toilettes.

Ora pensemos: a tendência dos anos 70 dita que podemos usar botas com saias linha A ou culottes. E a sensatez recomenda que - com saias abaixo do joelho - as botas não folguem nas pernas. 


Casadei


Com saias curtas ainda é outra história (das duas uma, ou se opta por umas cuissardes discretas ou vamos por botas de cano largo e descaído, que num look boho até é favorecedor) .

Mas para acompanhar todas as outras saias e vestidos, é mais recomendável - se não quisermos usar sapatos ou botins - botas de cano justo, maleável, que se adapte à perna. A única excepção à regra será um modelo como o  Shark Lock da Givenchy, que fica interessante mesmo que não seja lá muito correcto.


Para a noite, Dolce & Gabbana

Então porque carga de água será tão complicado encontrar nas lojas botas justas deste género, em pele fina ou tecido - sejam longas ou *de preferência, para não se enrolarem na saia* pelo joelho? Mesmo entre as marcas de luxo estes modelos estão em minoria. Ou seja, caem na categoria das peças que fazem falta mas as marcas deixam sempre faltar.

 É claro que ( salvo no caso das cuissardes) para usar sobre calças, botas largas no cano são incomparavelmente melhores e mais confortáveis. Mas ainda assim devia haver mais botas-para-saias à disposição.


Jimmy Choo

É que é muito maçador passar o Inverno sabendo que de todas as botas no armário, só uma pequena parte se presta a ficar no sítio ou a não blusar sob uma saia justa. Ou optar mais vezes por calças à conta disso. E preservar como um ai-Jesus aquelas que ficam bem e são quentinhas! Haver tão poucas opções implica também investir muito numa peça de uso ocasional, já que praticamente só as griffes mais exclusivas têm estes modelos sempre disponíveis - e reparem, poucos com saltos práticos e confortáveis.

A fast fashion às vezes falta muito às necessidades do consumidor, ai se falha....um dia destes ainda me resolvo a desenhar calçado e o resto, em modo pede o guloso para o desejoso.






No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...