Recomenda-se:

Netscope

Monday, May 2, 2016

Milagres... só para quem quer ser miraculado.




Ok, isto soa estranho à primeira vista. Mas reparem que é verdade. Qualquer milagre, literal ou figurado, de qualquer natureza,  exige a cooperação de quem se quer transformar ou ver o seu problema resolvido.

Se falarmos em milagres no sentido exacto do termo - seja na perspectiva religiosa ou mágica - entramos no campo "a fé é que nos salva". Acredite-se que os milagres são de facto inexplicáveis ou fruto da sugestão, é mais ou menos consensual que é muito difícil operar-se um milagre em quem não tem fé, ou pelo menos a mente aberta às possibilidades. A maioria dos milagres e curas sobrenaturais dá-se com pessoas que dedicaram o seu tempo a fazer uma peregrinação, a rezar, a seguir os passos prescritos pelo sacerdote, bruxo ou guru, etc. Também muitos médicos defendem que um doente fatalista, deprimido (e claro, teimoso, renitente em cumprir as recomendações) é mais difícil de curar.




 E claro, onde já se ouviu falar de uma extreme makeover que desse certo se o cliente não quer aceitar as sugestões do stylist, ou de um processo de emagrecimento que corresse bem a quem não tem força de vontade e dá mais valor à preguiça e gulodice do que a sentir-se bem com a sua imagem? É que não funciona!

Por muito que amigos e família insistam, se o principal interessado (a) não estiver para isso o esforço é inútil, pois há coisas que ninguém pode fazer senão o próprio (a).

Muitas vezes diz-se de fulano ou beltrana "anda mal influenciado (a), é culpa das más companhias" ou, pelo contrário, "agora está muito bem desde que namora com X ou Y", mas para o bem e para o mal, só se transforma quem quer. 




Os estímulos a que uma pessoa se expõe constantemente (gostos, lugares, conversas, vocabulário, expectativas, assuntos, hábitos, ambientes e exemplos) podem elevar ou degradar alguém, isso é inegável; mas não esqueçamos outros aspectos poderosos, como a personalidade, a educação de raiz ou berço e a *força de* vontade própria.

Conheço pessoas que até tinham potencial e andaram anos a, literalmente, "levar nas orelhas" de quem lhes queria bem, a ter acesso a todos os recursos para dar a volta aos seus problemas, a ouvir constantemente os melhores conselhos...e nada. Se lhes dizem "tens de fazer exercício"...ou "age assim, veste assado, age cozido, muda de ocupação, perde este hábito ou aquele..." até são capazes de responder que sim senhor, mas vão adiando, desculpando-se, preguiçosos e saboreando a sua preguiça, no fundo muito certos de que eles é que sabem. E por fim, os outros desistem e o teimoso ou teimosa ainda sente que sofreu uma injustiça, que ninguém sabe dar-lhe o amor de que precisa ou compreender a sua genialidade. Continua a queixar-se pela vida fora. Até parece que lhe agrada esse papel de sofredor. Com esse género de pessoa, nem Santo António quer nada (digo eu baseando-me na biografia do Santo, que perdeu a paciência umas quantas vezes). 






Depois, há outras almas que, embora possam não ter estado no seu melhor (seja por más companhias, escolhas erradas ou desconhecimento) não precisam de muita coisa para operarem uma transformação. 



Talvez porque já a desejavam, quanto mais não fosse a um nível subliminar, mas faltava aquele click; talvez porque sabem o que é bom para elas, por uma intuição vencedora. A essas não é preciso dizer muita coisa, insistir ou martelar: basta iluminar as possibilidades, dar-lhes a experimentar o que podia ser diferente, que agarram a oportunidade e depressa se habituam a coisas melhores, fazendo por estar à altura delas. Por vezes,a  diferença entre ser influenciável e ser sensato é um pouco ténue. Entre ser permeável a influências, mas escolher as boas, e ser irredutível nos erros, incorrigível, olhem que não sei.

Ter personalidade forte é muito bonito, mas quem procura milagres tem de ter a humildade, abertura e flexibilidade de não achar que sabe tudo; de se colocar, em suma, um pouco nas mãos do "Santo". Senão, nem com reza brava!

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...