Recomenda-se:

Netscope

Friday, October 20, 2017

Palavra (ou insulto) da semana: Rebimbombalho



Certa vez, quando eu e o meu irmão éramos miúdos, andávamos a brincar com a televisão ligada como pano de fundo. Não me recordo qual era a nossa brincadeira, mas estava a dar um daqueles programas (Top qualquer coisa, creio) que passava toda a música popular portuguesa que andasse para aí na boca do Zé Povinho a ganhar discos de platina e que fazia as delícias de todo o emigrante que vinha a Portugal comprar cassetes à beira da estrada- ou seja, tudo quanto era pimbalhada, com letras que eram um autêntico fartote de rir. 

De repente, estacámos e desatámos os dois à gargalhada. É que tocaram uma cantiga tão cómica que conseguia a proeza de se destacar das outras. 




Não me recordo de quase nada (e com imensa pena minha, não consigo encontrar a música para vos mostrar, prova provada de que, contrariamente à crença,  nem tudo anda no Youtube) mas era de um desses grupos muito pitorescos com organistas e bailarinas que vão actuar às aldeias remotas (Renovando qualquer coisa ou Novo não sei quê) e contava a história de uma rapariga muito serigaita que escandalizava toda a gente lá na terrinha porque "ia à discoteca sozinha de perna ao léu" e que fazia o povo dizer " mas cá para mim ela vai/ela vai de rebimbombalho//ela vai de rebimbombalho/ela vai de rebimbombalho".  Assim como quem diz "cá para mim, esta vai acabar mal". 



Foi o descalabro porque o senhor mano sempre conheceu o meu ponto fraco, que é ter um ouvido de tísica e uma memória auditiva de tremer, que ainda hoje me faz decorar refrões e estribilhos mesmo contra a minha vontade. Podem imaginar as vezes que ele me fez cantarolar todas as cantilenas parvas ou ridículas que ouvíamos, por mais que eu tentasse esquivar-me dizendo que já não me lembrava.


- Mas anda lá....canta lá aquela...como é que era? - insistia o mafarrico até me vencer pelo cansaço. 


E  pronto, a cantiga da moçoila que ia de rebimbombalho ficaria definitivamente a fazer parte dessa lista negra de Sissi, a jukebox andante.

No entanto, continuávamos intrigados com o que vinha a ser "ir de rebimbombalho". Tirávamos pela pinta que não devia ser nada de bom, mas nunca tínhamos ouvido tal palavra (e de facto, se a googlarem só aparece como o nome de uma banda folk portuguesa. Existe uma expressão transmontana semelhante, rebimbómalho, mas essa significa algo (sic) "de arrasar").



A avó, que entretanto nos ouvira a trautear aquilo, lá nos explicou o que vinha a ser um rebimbombalho... pelo menos lá na vila dos nossos antepassados, onde o termo era usado como adjectivo pouco lisonjeiro. Ir de rebimbombalho ela nunca tinha ouvido, mas era costume dizer-se, perante uma coisa ou pessoa desarranjada, desleixada ou de maus costumes, enfim, face a uma relaxaria qualquer: "olhem para aquilo...parece um rebimbombalho que para ali anda!". 




Também podemos ser criativos e tentar fazer uma análise etimológica da palavra, vá: "balho" é um termo rural/arcaico para "baile" e "rebimbombar" pode ser alguma corruptela de "ribombar" sugerindo alguma coisa inquieta e barulhenta, desorganizada, levada aos trancos e barrancos. Em suma, uma estúrdia pegada.

Seja como acção ou como adjectivo para classificar alguém ou alguma coisa, ir de rebimbombalho, ou ser/parecer um rebimbombalho não é decerto uma coisa bonita. 




Portanto, seguindo essa ordem de ideias uma mãe ou professora poderá ralhar às crianças dizendo: "olhem que eu não admito cá rebimbombalhos!" ou "esta casa/sala de aula não é um rebimbombalho!". Ou uma jovem poderá dizer a um D. Juan com intenções pouco sérias: vá bater a outra porta, que comigo não há relacionamentos casuais nem rebimbombalhos desse género (ou seja, como quem emprega o termo "farfalho", outra palavra exótica de que já falámos aqui).

Mas também é útil usar a palavra para nos referirmos a uma pessoa mal comportada ou mal apresentada. Portanto, sintam-se livres para, caso tenham necessidade de insultar um desafecto ou de avisar uma pessoa doidivanas, para sacar de um " você é uma desgraça, um rebimbombalho completo!" ou "se continuas por esse caminho, vais de rebimbombalho que é um gosto".


1 comment:

MariaLuce said...

Por cá só conhecia a expressão "arrebimba o malho"!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...