Recomenda-se:

Netscope

Monday, October 8, 2012

As sobrancelhas deste ano não me servem

Jason Wu

Marc Jacobs, Jason Wu e Alexander Wang foram apenas alguns dos designers que sugeriram uma tendência que há muito não se via: as sobrancelhas fortes, a ganhar destaque na maquilhagem. Mais jovens e quase desleixadas, a recordar estrelas dos anos 80 como Brooke Shields, ou realçadas com pó um a dois tons mais escuro do que a cor do cabelo e penteadas para cima ao acaso, dão uma definição inteiramente diferente ao rosto.  Deixando de lado o exagero artístico - que só ficará bem a mulheres que tenham sobrancelhas naturalmente espessas - a ideia é um desenho mais natural, a direito e com um arco menos pronunciado, que modele as  feições e confira expressão ao olhar. Tudo muito bonito, mas vi logo que não era look que me servisse. As minhas são bem definidas e com um arco natural - logo, não dão muito trabalho - mas finas e louras, do género "à sombra vêem-se, mas ao sol já não". Com os meus genes, não há muito a fazer...O meu make com lápis louro-cinza passa por realçá-las um bocadinho, de modo a evitar o ar Rainha Isabel I e a conseguir um bonito look clássico como o de outra ruiva: Suzy Parker, a top model dos anos 50. No máximo, atrevo-me ao desenho de Marilyn Monroe ou Angelina Jolie. Mas Deus me livre de tentar o visual de Elizabeth Taylor...

                                                        
                                  

Não sou adepta de testar todas as novidades mas fiquei curiosa. Há dias sentei-me ao toucador e vai de -  sem experimentar nada parecido com o que se viu nas passerelles, pois seria impossível - preencher e engrossar um pouco o arco com pó mais escuro e arrebitá-las com a escova de sobrancelhas. Não ficou mal conseguido e sem dúvida destacava-me a cor dos olhos...mas não podia deixar de pensar nas sobrancelhas mefistofélicas do João da Ega no baile de máscaras d ´Os Maias. Cá em casa não acharam graça nenhuma e disseram que não parecia eu e que decerto, a cara que Deus me deu não foi feita para sobrancelhas marcadas. Ou seja, as sugestões Burberry ou Carolina Herrera caem-me bem melhor; logo vou deixá-las como sempre estiveram - e continuar a preferir o visual Suzy Parker ao Audrey Hepburn. Sempre estou para ver se a moda pega, ou se as sobrancelhas delineadas à linha vão continuar a dominar. Desse lado já se decidiram?

OBS: Os cavalheiros, desde que não  optem pela "monocelha" completa, é que podem muito bem aderir a esta tendência. Sobrancelhas masculinas arranjadinhas ao milímetro e penteadas com cera não me agradam nada...




   



5 comments:

Fashionista said...

para mim também não dá, pois apesar de as ter escuras elas são finas e não crescem!

Tamborim Zim said...

Cá p mim essa tendência é mas é por causa da Gabrieeelaaa:)) Bom, claro q mantenho as minhas como sempre foram: sauvages.

Imperatriz Sissi said...

@Fashionista, não se pode aderir a tudo. Diz quem sabe que o que nos fica bem é sempre o mais próximo possível do nosso tipo original...

@Tamborim, não sei se os criadores vêem a Gabriela, mas vai uma aposta em como a novela ajudará a divulgar a tendência? Para a menina é que a moda está boa: enjoy ;)

A Bomboca Mais Gostosa said...

Eu sinceramente não gosto muito desta moda e acho que não me fica nada bem. Prefiro ter as sobrancelhas cuidadas, mantendo a espessura original, que é a tender para o fino.

Tamborim Zim said...

Tb confesso q sempre amei sobrancelhas espessas. Lembro-me da Malu Mader a aparecer soberana, vingadora e sobrancelhuda como Fera Radical, aí em 1924. Muito chic!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...