Recomenda-se:

Netscope

Sunday, October 7, 2012

O exemplo Britney Spears: adaptar o estilo ou extinguir-se


Britney Spears apareceu o mês passado - na estreia do programa X Factor - gira e composta (milagre!) num vestido Stella McCartney. Cabelo com a coloração certa, solto e bem tratado, e um makeup simples que ajuda em vez de poluir o visual. Tudo certinho; é assim que se devia apresentar. O que infelizmente é raro acontecer: a vida de excessos da cantora deixou algumas marcas: tirou-lhe a frescura, acrescentou-lhe anos e alguns quilinhos nos sítios errados. No todo, está com um ar pesado que por mais que ela ache o contrário, só piora com os mini vestidos bodycoon e bandage que insiste em usar. O seu estilo costumeiro ( pouco pano,demasiada informação, cabelo e maquilhagem pouco cuidados) se já antes deixava a desejar, actualmente não faz nada por ela. O que é uma pena, pois quando se deixa guiar por profissionais ajuizados o resultado está à vista! Não há nenhum problema em adaptar os looks preferidos às necessidades: é prova de sabedoria e sentido de estilo. Para quê usar um minidress se ele não vai fazer nada por ela, nem ela pelo vestido? Como digo sempre, se não assenta a 100%, mais vale escolher outra coisa e tentar a sorte em dias melhores. Vestir o que todas as estrelas emergentes estão a usar e parecer uma cópia barata, quando pode ficar fabulosa noutra opção...é um desperdício. Há tanto por onde escolher...

Com curvas, é melhor chamar a atenção para o decote do que abafar o colo. As transparências e aberturas, se forem no lugar errado, só pioram. O pescoço alarga visualmente e no vestido rosa de Brian Lichtenberg, o peito parece descaído...um bom soutien é sempre a base de uma boa toilette. Tendo em conta as ombreiras, das duas uma: ou teria de ser mais comprido, para equilibrar a silhueta, ou usado por uma rapariga muito alta e de figura andrógina, para cair a direito. Assim ficou uma confusão. E sapatos pretos com vestido claro não são boa ideia para quem está acima do seu peso habitual. Já o Hervè Leger à direita não está mal de todo, mas as aberturas não compensam o facto de lhe apertar braços e decote de forma pouco lisonjeira. Para quê usar um vestido tão curto com sandálias que cortam o tornozelo e tapam o pé? 
  Rumor has it que a "Princesa da Pop" agora trabalha com uma stylist sensata que aos pouquinhos, a está a curar da obsessão com os vestidos apertadíssimos e curtíssimos. Será o azul Stella McCartney o primeiro sinal de mudança? Ver para crer...







2 comments:

A Bomboca Mais Gostosa said...

Uma pena esta rapariga. Gosto muito dela, apesar de tudo. Acho-a linda e com talento.
Pode ser que se volte a endireitar.

Imperatriz Sissi said...

Também gosto dela. Acho-a muito mais talentosa do que dá a parecer por vezes e de aspecto não estaria nada mal, mas nunca teve juizo nem grande gosto. Pode ser que agora se deixe polir como merece!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...