Recomenda-se:

Netscope

Saturday, November 10, 2012

Clutch "para meter conversa"

Alexander McQueen De Manta brocade clutchJason Wu Daphne embroidered satin and metal box clutchCharlotte Olympia Lunatic leather clutchCharlotte Olympia Baboushka embroidered leather clutch

Todas nós já tivemos aquele evento onde não se conhece praticamente ninguém. Dependendo do à vontade ou timidez de cada uma, há várias maneiras de contornar esse constrangimento. Uma delas é ter um acessório que chame a atenção, dando o mote para começar uma small talk que não fale só do tempo. A Net a Porter sugere esta semana que se use uma "conversation clutch" para o efeito. As clutches são dos acessórios em que invisto mais, mas como os meus gostos vão para o clássico/elegante e para os detalhes preciosos, posso dizer que só tenho duas ou três originais o suficiente para despertar a curiosidade de alguém: uma delas é em forma de um corpete de senhora...
Claro que é preciso ter em conta a formalidade do evento ao escolher um acessório invulgar: algumas são demasiado divertidas para ocasiões mais solenes e adequam-se a festas de amigos, concertos, lançamentos de livros ou produtos, saídas à noite...

                                                               

Esta De Manta (Alexander McQueen) em brocado é totalmente o meu género: a cor, o material... Além disso, é plus size. Todas as minhas clutch são médias, porque mesmo recorrendo ao truque "carteira maior com o resto da tralha escondida no carro" não consigo prescindir do telefone, bâton, pó de arroz, mini escova, toalhitas e por aí fora. Outra vantagem é que fica fabulosa num acontecimento formal, mas pode adaptar-se a um look boho ou hippie chic sem problemas.


                                                  
A Lunatic, de Charlotte Olympia, é uma clutch para visuais de estilo criativo mas creio que a versão  preta se pode adaptar a situações um bocadinho mais sérias. Há algo de Picasso nela e o tamanho também é simpático.

                                                          
      A Daphne, de Jason Wu, presta-se à tendência chinoiserie que regressou este ano e inclui um detalhe que vamos ver bastante por aí: as borlas orientais. Eis uma carteira que também é versátil. Fica lindamente numa toilette formal; mas com jeans escuros, um belo casaco de pêlo e saltos altos acrescenta um "quê" a um visual para depois do por-do-sol.  Olhar para ela recorda-me que tenho três exemplares de seda chinesa bordada que preciso urgentemente de voltar a usar (e que têm um tamanho mais prático).   


                                                                                             
   
Por fim esta Baboushka, de Charlotte Olympia, é o tipo de clutch que não compraria de propósito, mas não lhe torceria o nariz se viesse parar à minha mão. É fofinha, original, adequada a visuais casual chic ou mesmo informais (para quem consegue andar com pouca coisa durante o dia) e decerto, um óptimo conversation starter...




                                                       




















4 comments:

Tamborim Zim said...

N será mais fácil levar um mimoso cãozinho? ihihih

cute so cute said...

Boa dica!!!!! Para evitarmos estar ao telemóvel !!!!

:)))))

www.cutesocute.blogspot.com

Imperatriz Sissi said...

Isso também ;)
Mas se o evento for longo o coitadinho impacienta-se...

Imperatriz Sissi said...

Sim, não há nada mais chato que aborrecer-se que nem uma ostra durante uma festa e ter de recorrer ao bicharoco!

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...