Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, November 20, 2012

Look icónico do cinema #4: os loucos Anos 20

Esta semana tive finalmente oportunidade de ver um filme que me andava a deixar curiosa há algum tempo: Easy Virtue, com o encantador Ben Barnes ( sem sombra de dúvida, um dos meus actores preferidos actualmente) e Jessica Biel - que está lindíssima - à frente de um grande elenco. Fiquei deslumbrada com os cenários, com a excelente fotografia e no todo, esta comédia de costumes é um filme muito agradável. A banda sonora teve o condão de me pôr a cantarolar esta cantiga até hoje:

Por causa disso, lembrei -me de uma canção que devia ser popular em Portugal na mesma época, extremamente característica, e que a avó Celestina tinha aprendido com a avó dela:

Mãe, compre-me uns sapatos, que estes já estão gastos... de dançar ´Charlot´!
Easy Virtue conquistou-me também, como não podia deixar de ser, pelo magnífico figurino: muitas produções que retratam a década de 1920 caem no erro de fugir ao detalhe, dando às fatiotas o ar barato de trajes de carnaval. Aqui, cada peça é admiravelmente feita, como se fazia de facto nesse tempo em que o Prêt à Porter ainda estava longe de ser inventado.
 Entre exclamações de admiração "aquele chapéu! As calças! O casaco! E o lencinho?" o filme recordou-me um certo fascínio que tive, na minha adolescência, por essa década em que se faziam competições a ver quem era capaz de dançar o Charleston ou o Quickstep mais tempo - gastando-se, precisamente, muitos pares de sapatos -  em que as meninas de boa família cortavam o cabelo à garçonne, encurtavam as saias e escandalizavam os parentes com as suas longas boquilhas e rouge nos joelhos. 

                                

O optimismo tranquilo da Belle Époque tinha acabado com a I Grande Guerra, e não se sabia quando outra catástrofe voltaria a assombrar os ânimos (o que de facto se viria a verificar com a Grande Depressão e a II Guerra Mundial) por isso a palavra de ordem era viver bem e depressa. Portugal não escapou aos novos costumes: os palacetes lisboetas e clubes elegantes como o Maxim´s multiplicavam as festas trepidantes e sumptuosas ao som do jazz, onde as senhoras exibiam plumas, jóias espaventosas e toilettes de uma elegância extravagante.
Os anos 20 têm estado presentes, embora de forma discreta, nas tendências de moda internacionais ao longo dos últimos dois anos. Como um todo, não são a minha época favorita em termos de figurino: se vivesse naquela altura dificilmente aderiria ao penteado da moda (provavelmente faria como outras mulheres e adoptaria um fake bob, para dar o aspecto sem recorrer à tesoura); os vestidos soltos para dançar à vontade e a silhueta sinuosa das flappers, que procurava disfarçar a cintura e o peito (muitas raparigas enfaixavam o busto para obter uma figura lisa e alongada) não são a imagem que considero mais feminina. Em compensação adoro os tecidos, as rendas, a maquilhagem dramática e todo o ambiente de elegância decadente daquele tempo. A quem anda a seguir a Gabriela e está com vontade de se inspirar, recomendo outros dois filmes que captam bem toda essa atmosfera e têm figurinos/maquilhagem realmente icónicos: O Último Imperador e O Amante.
                            

     


           Não se esqueçam: o passatempo Concreto está a decorrer. Participem!








10 comments:

A Bomboca Mais Gostosa said...

Gosto imensooo deste estilo :)

Imperatriz Sissi said...

É muiiiito glamouroso :)

dinona said...

Uma época cheia de glamour, adorava que isto estivesse na moda novamente :)

Neuza Mariano said...

Olá princess
Obrigada, gosto de um estilo um pouco mais alternativo.

Obrigada
Muitos Beijinhos
MUAH*

Tamborim Zim said...

Belo, mui belo! "Vim do norte vim de longeeeeee..."

Imperatriz Sissi said...

Há algumas marcas de sapatos e maquilhagem que estão a lançar linhas inspiradas nos anos 20. Vou dar uma olhadela e se encontrar partilho.

Imperatriz Sissi said...

Beijinho, Neuza :) Gosto muito de ver gente com um estilo próprio, que capte o olhar.

Imperatriz Sissi said...

E que bela flapper que dava a nossa Tamborim! Já te estou a ver de boquilha, mas sem plumas de avestruz, claro. Beijoca.

Imperatriz Sissi said...

Lembrei-me agora: no início da colecção F/W a Zara teve um vestido flapper, escuro, com plumas. Não pensei em comprá-lo pq me ofereceram um parecido, de seda e penas de avestruz, Tintoretto (que ao que parece, vai fechar) no ano passado. Mandei adaptá-lo para o cintar um pouco (há que ajustar as tendências a nós) mas é muito, muito anos 20. Talvez o da Zara ainda esteja disponível, era muito giro e bem acabado.

Imperatriz Sissi said...

Creio que seria este:

http://www.zara.com/webapp/wcs/stores/servlet/product/pt/pt/zara-W2012/269185/827486/VESTIDO%20RENDA%20SAIA%20PENAS

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...