Recomenda-se:

Netscope

Thursday, November 8, 2012

O dilema das bolachas

                                    
Ou uma pessoa consome um pacote de uma assentada (o que não é muito saudável) ou a não ser que viva numa casa povoada de apreciadores que ajudem, sujeita-se a dali a dois ou três dias, ter um pacote quase cheio de  bolachas molengonas que não prestam para nada. Felizmente o meu apetite por esta guloseima surge raramente - e o Mc Donald´s já voltou a fazer a sua cookie XXL, que é assim uma bolacha que vale por três. Ou um shot de bolachas, conforme a perspectiva de cada um. Se alguém algum dos meus amigos desse lado com dotes cósmicos e fenomenais de organização doméstica conhecer um super método para conservar as malvadas estaladiças por mais tempo, partilhe que nós, consumidores-ocasionais-que-não-enfardam-o-pacote-todo-de-uma-vez, agradecemos.

4 comments:

Maria Pitufa said...

Eu prendo os pacotes de bolachas! Enrolo bem enroladinha a parte vazia e coloco uma mola da roupa! Mas mesmo assim passado uns dias começa-se a notar! A Alternativa é arranjar daqueles frascos da fruta em calda, com aquela borracha que fecham hermeticamente e colocar as bolachas lá dentro! Estes últimos resultam melhor!

Fashionista said...

eu nem tenho bolachas em casa! Ninguém gosta! Somos estranhos, eu sei!

Cristina Torrão said...

Bem, um "tupperware" ou equivalente que feche bem, ajuda muito, ficam estaladiças durante bastante tempo. É melhor quando se colocam no pacote original (aberto) lá dentro.

Imperatriz Sissi said...

@Maria Pitufa e Cristina Torrão - esses não resultam comigo. O mofo acaba por se instalar na mesma. Deve ser um super mofo. Às tantas é das minhas ideias do antigamente, sabe-se lá! Mas via facebook sugeriram-me que pusesse um punhado de arroz cru na tupperware ou lata. Parece que absorve a humidade. Vou tentar.

@Fashionista - Cá em casa o remédio tem sido mesmo não haver bolachas. Para se estragar a maior parte não vale a pena.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...