Recomenda-se:

Netscope

Sunday, December 23, 2012

E entretanto, na Índia...


                                158598538
...o povo - e assinale-se, as mulheres - saiu à rua para exigir justiça para os casos de violação que acontecem a cada 20 minutos, perante a passividade da Lei e da autoridades. Já aqui o tinha dito, as mulheres indianas são de força. Emociona-me vê-las como Deusas da Ira Justa, a lutar pelo direito a andar seguras na rua. Os protestos têm aumentado de intensidade, com multidões a exigir a pena de morte para os autores de um ataque brutal a uma estudante de medicina. O caso foi de tal maneira chocante que está a obrigar o governo a prometer medidas sólidas para mudar a "cultura de violação e assédio" naquela que é a maior democracia do planeta, mas também um dos países mais perigosos para as mulheres. A violência nunca é a solução ideal mas por vezes é preciso um pontapé para restabelecer a ordem das coisas. E neste momento apetece-me abraçar as mães, irmãs e avós que estão em Deli, armadas de coragem e indignação, a gritar pelo que é correcto e a pugnar pelos seus interesses, sem qualquer ajuda do "mundo ocidental" ou de quem quer que seja. Se quiseres alguma coisa bem feita, fá-la tu mesma. Nunca as mãos lhes doam.


3 comments:

Tamborim Zim said...

Comungo totalmente da vontade desse abraço. Grande post, Sissi, e é mesmo isso: nunca as mãos lhes doam contra essa corja de criminosos vis!

Imperatriz Sissi said...

Muito obrigada, Tamborim. Um grande abraço de Natal para ti :****
Beijinho

Tamborim Zim said...

Mil beijinhos Sissi:)

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...