Recomenda-se:

Netscope

Saturday, December 1, 2012

Eu não sou supersticiosa, mas...

                                  
... a noite de ontem deu-me que pensar. Primeiro porque o meu adorado Farinelli, ao fugir desesperado do gato do vizinho (pela segunda vez no mesmo dia; é obra) bateu contra o saco de compras que tinha acabado de chegar e partiu uma garrafa de vinho, e vinho bastante razoável, inteirinha. Não contente com isso, quando eu estava a guardar na despensa as garrafas que escaparam ao massacre, uma Coca Cola de dois litros salta da prateleira de cima com uma velocidade alucinante e vem esborrachar outro dos vinhos sobreviventes, que estava pousado, sossegado, aguardando a sua vez. Se tentasse ter tal pontaria de propósito, não seria capaz. Imaginam a maçada - além do desperdício, a cozinha ficou com um cheirinho bonito, que nem parecia casa de gente honesta...
Valha-nos que, para quem acredita em presságios, este é bastante auspicioso. Se entornar um copo de vinho é alegria, imaginem a coisa fenomenalmente boa que está para me acontecer, benza Deus. Não contente com isso, depois de me deitar tive um sonho tão maravilhoso, mas ao mesmo tempo tão vívido, que nem quero contar nada com medo que não se realize. Como estão sempre a suceder-me acasos estranhos - e felizmente, alguns não são prejudiciais, só dignos de figurar numa fábula qualquer - eu já não torço o nariz nem ergo as sobrancelhas a nada deste mundo para não me desdizer depois. É claro que se isso for verdade, hei-de partilhar o acontecimento extraordinário e os seus benefícios com os meus queridos seguidores - que as alegrias não têm metade da graça se não forem divididas com os nossos amigos. 

4 comments:

Matilde said...

Pois, eu calço o 37/38 e de vez enquanto quando não há esses numero e gosto muito de uns sapatos exprimento em calçar o 39 com uns palminhas. No outro dia a minha mãe comprou-me estas, que mesmo com três pares de palmilhas ficam grandes :o e agora não há o meu numero para trocar e não dá para fazer devoluções. É uma chatice,mas se souber de alguem que possa estar interessado divulgue sff!
Beijinhos

Imperatriz Sissi said...

Matilde, onde moras? Se calhar vendias isso num ápice na Feira sem Regras. Só na minha cidade e arredores há umas 5, com muita gente jovem a vender coisas giras.

Tamborim Zim said...

ahahaah Não, é realmente de uma pessoa sentar-se numa noite enluarada e fria, cheia de correntes auspiciosas, p imaginar o q vem aí. Sissi, estou contigo! Duas garrafas... E uma eliminada por uma Coca-cola afoita...hum...é qqer coisa! :)))

Imperatriz Sissi said...

*Fingers crossed* Beijoca.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...