Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, December 26, 2012

O dito por não dito: camisolões horrorosos

                               

Não será bem o dito por não dito, pois já tinha feito a ressalva (pelo menos no que diz respeito a moda, não se deve dizer "nunca"). A tendência das mega sweatshirts e camisolões lançada por Balenciaga e Kenzo foi uma febre de tal ordem à escala mundial, tenho visto combinações tão inesperadas (e algumas, admito: até resultam) enfim, tanto se insistiu na coisa que acabei por ficar curiosa. A gota de água terá sido que até as infames camisolas natalícias, alvo de troça nas revistas de moda desde que me lembro de ser gente, de repente são "tendência". Muito bem, venceram: conseguiram a minha atenção. Continuo a não achar que favoreçam, não criam a figura clássica que gosto de ver mas há algo interessante neles. Como não sou menina de ficar com uma curiosidade a inquietar-me, lembrei-me de arranjar um "mono", como lhes chama um designer meu amigo. Não necessariamente uma sweatshirt, mas um camisolão de malha dos anos 80. Recordo-me de ver a mãe e as tias com alguns - em lãs bonitas e extravagantes, com aplicações de pedrarias, pérolas e penas.

Queria-o  "ugly pretty", espaventoso, enfim, tão feio, tão grandalhufo e maljeitoso que se tornasse giro ou pelo menos, interessante à vista. Como os que havia em casa (lembro-me de um roxo e de um dourado) desapareceram, ocorreu-me procurar em lojas e feiras vintage: nada. De certeza que mais gente teve a mesma ideia, e que o que era "mono" agora é "moda", porque antes estavam por todo o lado ao preço da uva que não presta. Por fim lá arranjei, nuns restos de colecção de alguma loja antiga que fechou, dois monos: um tem inclusive um passaroco à frente, bem à moda; o outro é preto com galões e aplicações de cetim na mesma cor, a lembrar muito a Wave. Vou inventar qualquer coisa com eles e depois vos digo. Em todo o caso continuo a achar que são "novidades" que merecem pouco investimento, e que se é para voltar aos anos 80 mais vale arranjar algo que venha realmente dessa época. Tem o charme de outros tempos e não se gastam 3 dígitos num mamarracho...


2 comments:

Colour my life said...

Já se usam, pelo menos, há uns 3 anos, embora tenham feito furor mais nesta estação. De qualquer maneira, sempre gostei. Confortáveis e conseguem ser interessantes do ponto visual. Embora entenda que pessoas com um estilo mais clássico nunca as adoptem, gosto de vê-las com estilos descontraídos, mas também com aquele estilo bonequinha anos 50 chic, com um camisolão a contrastar. Quero ver esse look, Sissi!

Imperatriz Sissi said...

Obrigada, Colour! Eu gosto dos camisolões anos 50 e daqueles grandes e fofos, tipo pastor ou Jane Birkin. Esses uso bastante...
Agora estes mais desproporcionais e com feitios confesso que estranhei...agora talvez entranhe. Depois mostro ;)
Beijinho

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...