Recomenda-se:

Netscope

Thursday, January 10, 2013

O vestido às riscas H&M...e como usar padrões fortes

                                  
Este vestido está por toda a parte. É citado aqui e ali como uma forma gira e marcante de usar a tendência dos padrões gráficos (apresentados a par com o padrão animal...). Gosto muito do decote, da cintura e das mangas e estou de acordo que a usar um
 padrão forte, um vestido ou saia é uma boa maneira de o fazer ... se quisermos experimentar sem medo 

-  São peças que  não repetimos tantas vezes e quando as usamos, tendemos a criar todo um look à volta dela, tirando maior partido do facto de vestir algo realmente diferente

- Uma saia pode sempre coordenar-se com uma peça clássica/básica (camisa branca, t-shirt preta, top simples + carteira pouco elaborada de cor forte) atenuando o efeito com graça, o que lhe dá maior longevidade.

- Embora a opção segura seja investir num acessório ou peça pequena, isso também tem os seus quês: é mais complicado pôr de parte uns sapatos ou carteira quando o padrão sai de moda do que arrumar um vestido ou saia num cantinho, até ver. E sendo acessórios, podemos cair na tentação de os juntar ao acaso num look menos pensado, criando certa poluição visual. 

- Já uma t-shirt com padrão acaba, às vezes por se confundir com os estampados comuns que surgem todos os anos...


Balmain S/S 2013
 Todas são escolhas válidas e dependerão do estilo de cada uma, do investimento que estão dispostas a fazer numa peça e da oferta das lojas. O que não aconselho mesmo é comprar um sobretudo, ou mesmo blazer, que só se sentirão confortáveis a usar durante uma estação -  ou a empatar uma fortuna em padrões que vão e vêm. Vestidos acessíveis como este da H&M (cerca de 30 euros) desde que sejam de qualidade aceitável (este é em jersey espesso, logo, apesar de justo, não vai marcar demasiado as formas) e adequados ao seu tipo de corpo (é bandage e curto, por isso, convém experimentar com olhos de ver) permitem variar e fazer coisas giras sem grande compromisso. Como tenho o hábito de  arquivar peças que não se estão a usar de momento, estou com sorte:

  - Posso finalmente usar um Karen Millen preto e branco com padrão bastante semelhante ao do Balmain acima, e ressuscitar três vestidos-camiseiro com padrões, um deles tigresse, que comprei na Zara há uns anos e pouco saíram de casa. Há mais umas carteiras, t-shirts e vestidinhos com padrões do género por ali guardados, por isso não vou investir nisso. Antes de comprar, pondere se no seu armário não terá nada parecido que possa ser usado de forma actual, pois alguns destes estampados estiveram na berra há uns 5 anos. E claro, quem tenha acesso aos armários das mães ou tias, com relíquias dos anos 80, melhor ainda: é uma maneira de usar igualmente bem a tendência sem que se arrisque a encontrar pessoas na rua com coisas iguais.







       

1 comment:

Joana Salvador said...

Adoro esse vestido da primeira imagem :)
beijinhos

http://passosdemoda.blogspot.pt/

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...