Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, February 12, 2013

Sissi responde: looks para as mais magrinhas

A menina F., que costuma passar por cá, deixou-me a seguinte sugestão:
Vi que tem algumas dicas das peças de vestuário que se adaptam a cada tipo de corpo. Gostava de umas dicas. Ora, sou bastante magra, tenho 1.63m , não tenho peito, nem uma silhueta muita acentuada. 

Uma silhueta esguia e com formas pouco definidas (busto pequeno, ancas estreitas, cintura "a direito", pouco rabiosque, etc) pode seguir as sugestões para o tipo de corpo coluna (rectângulo).  Outro aspecto importante - e que passa despercebido a muitas meninas que sofrem do complexo "sou demasiado magra" - é que boa parte das roupas lançadas todas as estações é feita precisamente a pensar nelas! Muitas peças que ficam mal a raparigas cheiinhas, ou menos bem a mulheres elegantes mas com algumas formas, caem a matar em quem tem uma figura petite. Ou seja, silhuetas "de sílfide" podem usar o que geralmente é demasiado arriscado para as outras mulheres. Ter isto em mente é um bom ponto de partida. Eis algumas ideias:

- Para a noite: decotes soltos e profundos em V ficam vulgares na maioria das silhuetas, mas resultam lindamente numa rapariga magra e com pouco peito; 

- Os vestidos e saias bandage, pelo mesmo motivo: foram feitos para acrescentar curvas onde elas não existem.

- Tire partido dos braços e costas elegantes: t-shirts de mangas curtas, tank tops, vestidos cavados, que noutros tipos de corpo exigem alguma atenção ao ponto onde terminam para não engordar nem encurtar a figura, podem ser usados com à vontade.
- Vestidos elegantes de decote subido. 

- Todo o tipo de mini vestidos.

- Casaquinhos curtos.

- Peças desportivas ou andróginas, contrabalançadas com elementos ou acessórios mais femininos.



- Vestidos babydoll, linha A (inspire-se em Twiggy)  e corte império. Tudo o que tenha um ar "fofo" e  "ameninado" está reservado a figuras petite.

- Estampados grandes, ousados e coloridos: a tendência de misturar padrões, quando bem aplicada, favorece imenso.

- Sobreposições e peças algo volumosas. Pullovers sobre camisas, coletes, malhas de grande efeito...

- Pode também aproveitar o facto de ter pernas magras para usar, sem exageros, calções, hotpants, mini saias - a combinação galochas + saia curta, tão em voga, fica muito bem nas meninas realmente magras.

- Se a cintura não é o seu melhor atributo, brinque com túnicas e t-shirts soltas (as mangas podem ser curtas) combinando-as com peças que realcem as pernas.

- Calçado delicado, de salto fino: equilibra eventuais "pernas de alicate" e realça os tornozelos de gazela, um dos pontos fortes das meninas/senhoras petite.

- Botas e sapatos rasos, botas de motard,  bailarinas, slippers e até ténis (que podem ser mais problemáticos para outros tipos de corpo) usados com saias ligeiramente acima do joelho, mini saias ou jeggings.

- Os jeans com fantasias, bolsos fora do vulgar ou aplicações (como os de Isabel Marant) são privilégio exclusivo de quem quer acrescentar alguns centímetros a pernas, coxas, ancas e glúteos.

- Skinny jeans com lavagem clara, leggings ou jeggings claros, calças bege ou brancas (sugeridas por Marc Jacobs para esta estação, estilo Jackie Kennedy) ficam fantásticos em quem não se prejudica se engordar uns centímetros visualmente.

- Looks que lembrem os visuais de ballet favorecem figuras delicadas.





- Transparências, rendas, chiffons, podem ser usados sem medo, porque não há riscos de revelar volumes excessivos.





Como vêem, há imenso por onde escolher. Os looks de celebridades como Kate Moss, Audrey Hepburn, Inès de La Fressange, Penelope Tree ou Alexa Chung também são excelentes fontes de inspiração para tirar partido de uma "elegância natural". 



No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...