Recomenda-se:

Netscope

Sunday, May 19, 2013

A Chave do Verdadeiro Poder

                            
Não tenham medo, este blog não se está a tornar um espaço maluco de auto ajuda (embora ache a maior das graças aos livros "esotéricos" dos anos 70 que prometiam mundos e fundos a quem usasse o poder da mente - ou outros -  com as suas capas maltratadas e testemunhos miraculosos). Mas é bem verdade que o verdadeiro poder não está no dinheiro (conheço pessoas ricas que são verdadeiros capachos) no status social (idem) na beleza (ibidem) ou noutra característica óbvia. Tenho visto por mim, prova provada, que está tudo na nossa cabecinha. A capacidade de se fazer respeitar pode ser ajudada pelos factores externos citados atrás ou por outros ainda, mas sem coragem, sem altivez, sem uma dignidade à prova de bala e sem a consciência do bom e velho "eu não tenho de aturar isto" ou melhor, "eu não preciso desta porcaria para nada", ou ainda "eu mereço melhor"  por mais que aparentemente isso não seja verdade, não se vai a lado nenhum. Quem é tapete, vítima ou marioneta, sê-lo-á pelo resto da vida, por mais que a Fortuna o favoreça, a não ser que faça um esforço mental para virar o jogo. Quem se sente oprimido, usado, amesquinhado, etc... é melhor que comece a repetir para si mesmo, até acreditar e proceder de acordo, o mantra "Eu não quero, eu não tenho e eu NÃO preciso de aturar isto". Experimentem e depois digam-me alguma coisa.

1 comment:

Sérgio Saraiva said...

Confesso que dos anos 70 só li livros sobre extraterrestres, e outras questões esotéricas. Não sabia que havia livros sobre o poder da mente, mas apesar de não ter lido, confesso que sou daquelas pessoas que acha grande parte daquilo que somos está na mente, ou se preferires no cérebro. Como se o resto do corpo fossem apenas ferramentas do cérebro, esse sim, o "verdadeiro ser". Filosófico...

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...