Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, July 2, 2013

Dicas para preguiçosas e apressadas‏

                                                          
Vou contar-vos uma coisa. É provável que quem acompanha o IS já tenha percebido que apesar da minha relação para a vida inteira com a moda (old habits die hard)  de eu ser muito empenhada (e algo habilidosa, modéstia à parte) no que concerne a maquilhagem, cabelos, etc e de ser sensível às marcas e novidades (ossos do ofício...a senhora mãe diz que eu dava uma óptima cobaia de laboratório) não sou a típica blogger. Respeito as tendências mas não suspiro por cada novo lançamento, não disseco cada cor de verniz que sai e passar uma tarde num cabeleireiro ou clínica de estética a fazer tratamentos estranhos ou extensões disto e daquilo  (isto é paradoxal, mas um dia explico, está prometido) é mais um sacrifício do que uma alegria. Sou uma rapariga do it yourself, não gosto muito que estranhos me mexam e além disso, não tenho tempo nem pachorra. Vale-me ter prática e o privilégio que me coube, por questões de trabalho e sociais, de aprender algumas coisas com alguns dos melhores profissionais da área. O corre corre dos bastidores e situações do género "estar num evento formal ao fim de um dia de trabalho como se não fosse nada comigo" também foram excelentes mestres. Ora, as mulheres que por aqui passam são profissionais, muitas serão mães, namoradas, esposas com uma casa para gerir, e por vezes não há tempo nem disponibilidade mental.  Como gosto de partilhar, ficam algumas dicas:

- Maquilhagem para preguiçosas: BB Cream, gel transparente para sobrancelhas, bálsamo colorido para lábios e/ou uma gotinha de lipstain, máscara de pestanas e uma ligeira passagem de kajal preto ou castanho, esbatido com um cotonete para engrossar o traço e torná-lo mais natural. Tempo? Menos de dois minutos. Não há desculpa para sair de cara lavada.

- Nunca saia para uma ocasião especial (sessão fotográfica, evento longo) sem um mini kit de maquilhagem e um ferro de alisar pequeno e estreito - esses também servem para fazer caracóis, se enrolar o cabelo à volta deles. Vá por mim: mesmo que haja um cabeleireiro/maquilhador por perto, pode não ter tempo para cuidar de todas as convidadas, ou estar sem os insttrumentos necessários por um motivo estrambólico qualquer (been there, done that).  Agulha e linha e um coordenado suplente também são imprescindíveis.

-Para evitar correrias pela manhã, arranje um manequim ou bengaleiro e destine alguns coordenados semanalmente. Não têm de ser rígidos, mas convém que possa combinar alguns deles entre si. Por exemplo: 2 camisas brancas, umas calças clássicas pretas, uma saia encarnada, uma t-shirt preta, um vestido azul, um casaco nestes tons, etc.

- Brushing para quem não se levantou a horas: secar o cabelo o melhor possível com o secador, junto às raízes. Passar um bálsamo em spray ou óleo (sérum leve) pelo comprimento. Escovar suavemente. Com uma placa alisadora que possa ser utilizada em cabelo húmido, esticar a franja e as madeixas junto ao rosto, enrolando as pontas para dentro. Fazer o mesmo nas mechas no topo da cabeça. Enrolar o resto muito bem num totó, e mantê-lo preso toda a manhã. Acaba-se a síndrome "ir trabalhar de cabelo molhado" e quando o soltar, terá caracóis deliciosos. Também é uma boa ideia para o Verão, quando não se quer andar despenteada mas não apetece sofrer com o ar quente.

-Evento depois do trabalho, sem tempo para ir a casa mudar de roupa: é sempre uma situação chata, mas contorna-se. Já o fiz várias vezes, algumas delas apanhando um comboio pelo meio, logo...
 O remédio é levantar-se com tempo e fazer o brushing mais perfeito possível (aconselho que encaracole o cabelo com o ferro, porque vai manter-se com mais facilidade do que um penteado liso). Depois, aperte-o bem num totó no alto da cabeça. Borrife um pouco de laca ou fixador por toda a cabeleira. Faça a maquilhagem do rosto e dos olhos, mas deixe de fora o bâton e o blush, para não andar demasiado "pintada" enquanto trabalha.  Quanto à roupa, tem duas alternativas: se acha que consegue andar o dia todo sem se sujar nem amarrotar, escolha um vestido preto simples, um lenço e umas bailarinas. Num saco à parte, leve um bolero, uma jóia bonita, uma clutch e um belo par de saltos altos. Vista uma gabardina, vai precisar dela.  Caso prefira mudar de roupa, a receita será parecida: para o trabalho, leve algo que seja fácil de despir, e para o evento acrescente ao saquinho um vestido que seja fácil de vestir em 3 minutos, sem ajuda. Perto da hora faça o número Clark Kent: corra para o wc mude de roupa (ou de acessórios) e acrescente o blush, se quiser, e o bâton; solte o cabelo, ponha os bens essenciais na clutch e já está. Se precisar de andar pela rua e o vestido é muito elaborado, vista a gabardina: uma forma sempre elegante de passar despercebida.

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...