Recomenda-se:

Netscope

Friday, August 9, 2013

Beyoncé livrou-se das perucas...(e as "pirucas" de outras épocas).

             Beyonce's New Haircut
...extensões permanentes, postiços, weaves (como se diz "weave" em português? Peruca parcial?) e outros artifícios que há anos e anos lhe andavam, imagino eu, a escaldar o cérebro, a esticar o couro cabeludo ao limite, a dar cabo das raízes, a fazer comichões que eu não desejo à minha pior inimiga (esperem lá- desejo pois!)  e outras torturas que prefiro não imaginar, já que usar uma simples bandelette ou mesmo chapéus, se for por muito tempo, me faz enxaqueca. Aqui entre nós, as extensões clip-in (que se tiram ao chegar a casa)  são as únicas que concebo, e por curtos períodos de tempo.
 A cantora, muito responsável por instituir a moda dos excessos - mais cabelo, mais traseiro,mais coxas, mais mini - e nem sempre da melhor maneira ou dando os melhores exemplos (uma coisa é o que fica giro na Beyoncé, com o barulho das luzes, outra são os desastres das copionas nas ruas) decidiu livrar-se disso tudo, depois de ficar com a cabeleira presa numa ventoinha. Pergunto-me como é que tal incidente aconteceu só agora...
 A influência benéfica da sua mais discreta, it girl e muito fashionista irmã Solange, que assume sem problemas a cabeleira afro que Deus lhe deu, também terá contribuído para a mudança de visual. Antes, já Tyra Banks se tinha libertado dos "capachinhos" e, como dizem os espanhóis, luzido por aí um corte de cabelo muito mais elegante e natural. 
 Não me entendam mal, eu sou a maior fã do cabelo longo (usei-o quase sempre assim) mas não imagino o que seja andar por aí anos a fio com um cabelo que não é o nosso.  Não entendo como alguém torna parte integrante da sua imagem uma característica que não é sua. Porque a cantora não usava perucas só em palco, mas no dia a dia também. Se eu não soubesse, pensaria que era mesmo o cabelo dela. Que sofrimento - até porque só quem nunca viu o estado em que o cabelo fica com extensões permanentes (queimado, "mordido", uma ruína) pode achar que isso é bonito. 
 As mulheres venezianas da Renascença já as usavam, certo - e a tendência conquistou toda a Itália -  mas como acrescento aos seus já  longuíssimos cabelos, que pintavam de "louro veneziano" cuidadosamente sentadas ao sol, nos terraços das duas casas. Não eram "coladas à cabeça" com queratina  ou cosidas, mas mesmo assim os homens da época faziam alguma troça: o efeito era bonito, mas não deixavam de trazer "cappelli morti" (cabelos mortos) a compor o penteado...
                                     
 Nas épocas vitoriana e eduardiana era costume, além dos postiços necessários para "tufar" , guardar "ratinhos de cabelo"  (ou seja, fazer rolos com os cabelos que caiam da escova) para ripar ou dar volume ao look escolhido, de modo a segurar os elaborados chapéus da moda. E do século XVIII nem vale a pena falar...
 Mas voltemos à nossa época e às "tesouradas" da cantora. Com todo o meu amor ao cabelo longo, desde que natural e fugindo de opções de styling algo vulgares, acho que fez lindamente em cortar. Já o pixie cut, não me parece que faça grande coisa por ela, apesar dos traços correctos do rosto. Em geral, mulheres grandes e curvilíneas não foram feitas para usar o cabelo à Sininho, porque, bem...com tão pouco cabelo a cabeça vai parecer muito pequena em relação ao resto! A única mulher curvilínea que já vi usá-lo bem foi a fantástica Morena Baccarin, mas essa estava a interpretar a extra terrestre mais bem vestida à face do Universo, logo tem desconto. Para todas as outras, um penteado estilo Marylin Monroe equilibra muito mais o todo.
 Os fãs apostam agora se a mudança será permanente ou se à semelhança de outras celebridades, o "pixie cut" será uma alternativa às perucas. De qualquer modo, creio que ela se sente muito mais confortável!

                                 

3 comments:

A Bomboca Mais Gostosa said...

Eu não fazia ideia que a Beyoncé usava peruca, extensões, etc., pensava que o cabelo era mesmo dela. Ainda assim, ela é bonita de qualquer maneira, se bem que concordo contigo que mulheres com o corpo do estilo da B, não ficam bem em geral de cabelo tão curto.
eu não me imaginaria!

Veruska said...

Mulheres de cabelo curto???!!!...essas é que são as interessantes!

Cristina Torrão said...

Céus! Também não sabia que a Beyoncé usava tanta coisa na cabeça. E que esses "apliques" e perucas incomodavam tanto...

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...