Recomenda-se:

Netscope

Thursday, October 10, 2013

Palavra, David Meister, gosto muito de si, mas...‏


                                  

...por favor arranje-me uma modelo com um ar menos enjoado para  os lookbooks. É que já estou farta de ver esta rapariga sempre com a mesma expressão de mal paga, tão expressiva como uma batata crua, na minha caixa de correio várias vezes por semana. Uma pessoa já nem repara nos vestidos, com esta sujeita que faz sempre a mesma cara de quem chupou um limão. 
E atenção que eu nem tenho nada contra um ar blasé, nonchalant, enjoado, cara nº33, seja ao estilo "não parto um prato" de  Olivia Palermo ou com um traço de arrogância, como em certas modelos de Klimt. Pelo contrário. 
                              
Desde que isso não venha acompanhado de uma tremendíssima pinta (não há outra expressão possível) de Vanessa Priscilla, manicure da zona X, de Blair Waldorf de feira ou de sopeira que "levou emprestado" o vestido da senhora. Pode ser da luz, da maquilhagem, da dor de barriga ou daquele cabelinho esticadinho à bairro social, que nunca favorece ninguém... e não ser culpa da menina, que até bonita e eu não gosto de ser maldosa. 
 Mas que não contribui nada para dar uma aparência dispendiosa ao vestido, isso não. Voltem, manequins de montra, estão perdoados.


                            

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...