Recomenda-se:

Netscope

Sunday, October 6, 2013

Tia Elsie dixit: tratar os homens como os convidados.


                                      

A tia Elsie de Wolfe, Lady Mendl, pioneira da decoração de interiores e figura proeminente da boa sociedade da Belle Époque, sabia um par de máximas sobre bem viver. E se há coisa que é verdade, é que há áreas da nossa vida em que um homem, mesmo que partilhe a mesma casa, não pode interferir. Tal como um hóspede de cerimónia.  Uma mulher só ganha em cultivar um certo mistério e há um pequeno rei em cada homem, que gosta de se sentir como convidado de honra. Tal como os vampiros, o sexo oposto só pode entrar na nossa vida, na nossa alma, se for convidado. Mas é claro que até um convidado de honra pode ser convidado a sair, se transgredir as regras da casa. Demasiada franqueza, demasiada partilha, e pode dar-se o cenário abaixo - porque muitas vezes, quanto maior a sinceridade, maior o risco. 
                           

1 comment:

Jose Carmo said...

Terrivelmente verdadeiro. Mas, na maioria dos casos, são as mulheres que querem remodelar a alma do homem, mudá-lo, construi-lo, adaptá-lo a elas, domesticá-lo. E, quando o conseguem, reparam que vivem com um banana e fartam-se dele.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...