Recomenda-se:

Netscope

Friday, November 29, 2013

Certo e errado: é favor não embaraçar o Príncipe.

                        

Já vos contei que dois cavalheiros da minha estima costumam dizer uma frase engraçada, quando o mulherio resmunga que não sabe o que há-de vestir para uma festa:


 "Vai nua, que fazes um sucesso".

É uma brincadeira destinada a irritar quem já se encontra em modo barata tonta, mas há mulheres que levam o ditado à letra. E em alturas dessas é preciso ouvir o bom povo, que reza "quem dos dias faz iguais, das casas faz currais" - ou seja, até a mais espaventosa e provocante das mulheres deve saber que se andar nua (ou quase) por aí não é muito boa ideia, em dias especiais muito menos.

Especificidades de protocolo à parte (que hoje estou com pressa para estar noutro sítio) qualquer mulher de bom senso sabe que um evento de alguma formalidade e/ou solenidade não é a melhor ocasião para exibir exageros fashionistas, fantasias e acima de tudo, muita pele.

 Para ter essa consciência nem é necessário conhecer a fundo as regras de etiqueta ou ser uma grande senhora, daquelas com à vontade, modéstia, graciosidade e estilo para se apresentarem confortavelmente em toda a parte. Essas vão rareando; já a sensatez é felizmente um bocadinho mais democrática. 

Será?

 É que eu já não digo nada. Nos tempos que correm, em que tudo é permitido, tudo anda misturado e a bússola moral - já para não falar da bússola de gosto - é coisa do tempo da outra senhora, qualquer coisa é possível, ate noivas a entrar seminuas na Igreja e toda a gente a achar muito lindo, quanto mais.

Como dizem os ingleses...oh dear, the types they let in these days. Já não se está segura em parte alguma. 

E foi precisamente isso que aconteceu há dias na Royal Variety Performance, com a cantora Jessie J. a fazer o que as Rihannas, Mileys e companhia da vida fazem melhor: dar espectáculo, e pelos piores motivos: a menina, com a sem noção que caracteriza o seu género, cumprimentou S.A.R. o Príncipe de Gales nestes bonitos preparos:
                          Attentive: Prince Charles looked to be deep in conversation with Jessie as he moved down the line
E nem sequer há a desculpa de estar a preparar-se para entrar em palco, já que a seguir se mudou para um modelito idêntico (para ser franca, nem percebi porque trocou de roupa). Valha-nos que um cavalheiro é sempre um cavalheiro e sabe olhar uma senhora nos olhos, mesmo quando ela não está vestida...bem, como uma senhora. Ou quando não é uma senhora.

Claro que para cada mau exemplo, há sempre raparigas de classe que sabem adequar-se às ocasiões: Taylor Swift é capaz de usar os mini vestidos como qualquer outra, mas se dali a dias tiver uma gala no Palácio de Kensington, faz o que dita  o siso e vai ao seu grande armário buscar um vestido formal e polido, como este bonito Reem Acra. Lá pelo meio houve oportunidade de subir ao palco com Bon Jovi...e com o Príncipe William, mas uma senhora é uma senhora em todas as ocasiões.

                   Não percebo o que será tão difícil de entender no velho adágio
                                                 "em Roma, sê romano".

                              Chris Jackson/Getty Images




No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...