Recomenda-se:

Netscope

Friday, December 13, 2013

8 sinais para dar...tipo, desprezo nítido.‏

Porque há coisas tão desagradáveis à vista, tão...reles, que provocam urticária a uma pessoa e passam a quem as usa um atestado de intocável.  E por conseguinte, carimbam a ferros o  mesmo atestado em quem compactua com coisas assim. Yuc. Devia existir um botão "block" para fazer sumir estas coisas da vida real, mas a tecnologia ainda não evoluiu assim tanto (fingers crossed)  por isso serve a linha de orientação para perceber as pessoas com quem não é recomendável, a bem da boa imagem e boa conduta,  conviver de perto, nem mostrar a  ninguém, ter no círculo de amigos, apresentar à família...mas esperem lá, isso é comum e básico bom senso. Aqui fica, só por carolice, um estudo antropológico amador:o mapa de orientação para detectar seres indesejáveis, vulgo trashy, em menos de um Credo. 

                                         
1-Nail art assustadora: não existe nada pior, por Júpiter. Um pequeno desenho ou um verniz de fantasia ainda vá que não vá, mas garras decoradas dão a qualquer uma um ar de manicura de bairro social, isto na melhor das hipóteses - e sem insulto às manicuras porque as há honestas e decentes, daquelas que não se entretêm a ver a casa dos segredos nem a ler a TV7 dias, nem nada.

                                                           


2- E por falar nisso...fazer partilhas virtuais de notícias da Casa dos Segredos. Ou passatempos da família Carreira. Ou piadinhas brejeiras/escatológicas/constrangedoras. 
A sério, isso não tem graça. Nem como piada. É, simplesmente, muita baixaria junta. E um carimbo de mau gosto.  Fazer "gostos" em imagens como as descritas abaixo cai exactamente no mesmo nível de chinelagem, que isto "tão ladrão é aquele que vai à horta como aquele que fica à porta". Fazer ou aprovar, vai tudo dar ao mesmo. 




3-O look alternadeira: bandage dresses baratos que mal tapam a (suposta) roupa interior? Check! Poliéster, lycra, calções de poliéster, renda sintética (e elástica!)? Check!  Sapatos de plástico, tudo acompanhado de um físico estilo bailarina da coxa grossa e devidamente documentado em selfies grosseiras, vulgo anúncio de acompanhantes? Check! Seriously? Como é que esta gente tenciona arranjar emprego? Ah, esperem, já imagino, deixem-me ficar caladinha...

                                    
4- O look alternadeira- disfarçada -de  -decente: esse ainda é mais divertido. Não há nada mais engraçado do uma rapariga que sempre teve mau ar toda atrapalhada, a tentar mudar de visual à pressa (para impressionar um potencial empregador ou um potencial candidato a golpe do baú). Mantém-se o poliéster, a lycra e os sapatos de plástico mas 
acrescenta-se uma écharpe do piorio e descem-se um bocadito as saias de lycra. O resultado? Sabem aqueles filmes para adultos em que a  secretária totó se transforma em dominatrix, e a fatiota é daquelas com molas que salta fora inteira com um simples puxão? Isso!           

5- Os retratos ordinários tipo anúncio de acompanhantes...nos perfis das páginas deste mundo de Deus. Enough said. 
              

6- Citações de engate desesperado

Obviamente, partilhadas nas redes sociais na tentativa de fisgar/comover/ oferecer-se claramente à pessoa inatingível que está para lá de Bagdad. O copy/paste de frases sórdidas e pseudo eróticas de autores light também vale. Sinceramente, nada é tão foleiro nem mostra tanta falta de dignidade como estas "granadas virtuais". Imaginação e decoro, anyone?


7- Cabelo ghetto style:

Geralmente, pintado de preto graxa (ou com madeixas mal feitas) esticado com um cilindro industrial e com ar de sujo. Quando está mesmo sujo (n-o-j-o) arremata-se-lhe com um rabo de cavalo, mas não qualquer um: tem de ser super arrepiado e com gel. Acompanhado de argolas, então, é o supra sumo. Já mencionei o ar lambido e sujo?

                         

8 - O homem ideal: para estas desmioladas só existem três: o estilo Justin Bieber, o estilo Cristiano Ronaldo e o estilo bimbo de ginásio, espécimes que têm em comum muito mau ar e muito gel no cabelo. Não quer dizer que outro qualquer que apareça não lhes sirva *afinal não é fácil encontrar quem as carregue, ou tenha a cara de pau de andar com elas na rua* mas essa é a imagem a divulgar e elogiar...afinal, quer-se lé com lé e cré com cré, certo? Valha-nos isso. Com muitos "x" e linguagem de SMS à mistura. "Lindhu".  Credo. Na versão masculina do mais puro trash, as preferências vão para o tipo de fêmea roliça e escassamente vestida explicada nas categorias acima.


                               RUN!


2 comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...