Recomenda-se:

Netscope

Monday, December 16, 2013

O louro platinado está de volta.



                                                 
Ame-se ou odeie-se, o louro platinado é um clássico de extremos, que nunca passa realmente de moda. Pode ser provocador (Mae West, Jayne Mansfield) angelical (Kim Novak, Cate Blanchett em The Lord of the Rings ) ou somewhere in between (Marilyn Monroe)  radical (Gwen Stefani, Debbie Harry) ou elegante (Carolyn Bessette Kennedy, C.Z Guest). Pode resultar soberbo ou cair na vulgaridade. E requer alguns quês- nomeadamente cuidados, alguma maquilhagem e para que a transição seja mais fácil, pele clara - para funcionar.
 Ao cabo de alguns anos em que os tons naturais têm dominado, eis que o cabelo de conto de fadas (influência de Game of Thrones?) volta a estar na ordem do dia, popularizado por it girls como Emily Weiss ou modelos como Sasha Luss, a quem as madeixas louro-branco catapultaram para os holofotes:
                                
O louro açúcar (alcunha retirada do romance Millenium Girl, que uma amiga me pôs nos anos em que me diverti com esse tom) não será uma cor para todas, nem uma aventura a tentar sem pensar duas vezes. Mas quando funciona, não acarreta a manutenção que se pensa e tem as suas vantagens. Tendo pele pálida, sobrancelhas pouco visíveis e madeixas naturalmente claras, eu gostava especialmente do facto de não precisar de muita produção para brilhar- porque o cabelo já é chamativo que chegue - e de uma simples camisola preta causar o contraste certo. Como o meu cabelo tende a ser sedoso e escorregadio, não senti o problema das mechas porosas e opacas, mais comum em quem faz a transição de preto ou castanho escuro para louro. Em boa verdade, foi uma das cores que menos trabalho me deu a manter sem desbotar e exceptuando um incidente com uma cabeleireira distraída, não tive problemas: há que contar com uma boa mão e/ou um profissional de confiança, que seja um ás da cor. Boa hidratação e um champô azul de qualidade fazem o resto. Se voltaria a 
fazê-lo? Nunca digo desta água não beberei, apesar de o strawberry blonde que Deus me deu ligar mais com a minha personalidade. Mas a quem precisa de um va-va-voom extra na sua vida e tem o carácter, meios e fototipo para o fazer sem arrependimentos, recomendo a experiência. Não sei se as louras se divertem mais ou se os homens preferem as louras, mas é sempre giro ver a vida do outro lado.

2 comments:

Sérgio S said...

És tu na última foto? Que gira!... Tu fazias bem de elfa juntamente com a sra. Blanchett.
E fico na dúvida se prefiro assim ou um tom mais escuro...

Imperatriz Sissi said...

eheheh...obrigada :D Eu gostava muito do look elfa e custou-me mudar. Mas acho que a cor com que nascemos combina sempre connosco.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...