Recomenda-se:

Netscope

Saturday, December 7, 2013

Os dois vestidos do dia.


Daqueles que me colocam no bom e velho dilema entre "sheath dresses nunca são demais" e  "lembra-te dos que já tens, fora os que estão na costureira para acertar na cintura"(e no caso do primeiro provavelmente era o que aconteceria, já que a marca só vende a partir do 36). A Dorothy Perkins é daquelas lojinhas que tem pacto - ou seja, no quesito vestidos é uma Dolce & Gabbanna em versão mais acessível.  Nunca falha em ter os modelos clássicos que colecciono (e que nunca passam de moda, mas são difíceis de encontrar como tudo). É tão giro, tão giro tão giro com os botões militares. E existe em burgundy. Um amor. Só tem um defeito: a manga, que devia ser mais curta, versão cap sleeve, ou a 3/4. Esperar pelos saldos? Decisions, decisions.


                                     

E este Manish Arora - magnífico, mas um bocadinho caro tendo em conta o modelo demasiado arriscado para a minha silhueta. O decote muito fechado limita-o (para que seja usado na perfeição) a meninas com pouco busto, ombros de passarinho e alguma anca que queira disfarçar. Ainda assim, é um espanto.

                               


No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...