Recomenda-se:

Netscope

Sunday, March 2, 2014

Extravagância engenhosa do dia: botas que se...vestem.



Já vos contei que ando em busca de cuissardes perfeitas para completar a minha colecção. E é escusado repetir a quem me acompanha a minha implicância com leggings, essas coisas fininhas e mal amanhadas, mas a minha tolerância às recomendáveis riding pants, skinnies, jeggings e outras calças (calças!) de malha ou pele justas e indetectáveis.

Ora, já aqui se falou que uma das melhores e mais discretas formas de usar cuissardes - vulgo botas thigh high ou overknee extra compridas - é optar por umas legging boots

Funcionam como se fossem calças, não enrugam tanto e usadas sob um vestido ou saia curta, escondem tudo (evitando o efeito demasiado sexy). Também não "cortam" a figura, pois traçam uma linha única que alonga a silhueta. 

Ainda as vimos pouco: embora as botas longas tenham estado presentes na maioria das colecções de há dois anos para cá - se bem que ainda não tanto nas lojas -  Stella McCartney e Margiela foram as Casas que interpretaram o conceito de forma mais literal. Acredito que daqui a um ano haja abundância destes modelos por toda a parte, mas entretanto há que investir mais e procurar.

E no meio disso tudo, Tamara Mellon lembrou-se de uma invenção estranha, mas muitíssimo engenhosa: legging boots que se vestem, em vez de se calçar. Ou seja, usam-se exactamente como umas calças. Calças com pés e saltos altos q.b. Dão pelo bonito nome de Sweet Revenge boots e têm esgotado por toda a parte.

                                       

Parece uma esquisitice e a manutenção de uma peça destas há-de ter os seus quês, mas imaginem as vantagens (que só quem usa botas compridas percebe): não saem do lugar, não descaem, não precisam de collants por baixo.

Escusado será dizer que para estas botas se seguem as regras das outras:

- Levam um vestido ou saia por cima, ou é a desgraça na mesma;
- Há que usá-las com um casaco mais comprido, ou...idem.
- Tweeds, peças com aspecto colegial, XL ou masculino são essenciais para lhes dar o ar bem comportado que se pretende. 
- Precisa-se de uma figura para o esguio de modo a terem o ar certo. 

É que a intenção não é mesmo ser provocante, mas ter uma silhueta longa e sofisticada.....

Eu cá não sou de extravagâncias nem de usar coisas que dêem nas vistas, mas isto 
parece-me muito funcional. E tudo o que apela ao meu sentido prático tende a conquistar a minha simpatia.

Quer-me parecer que esta é uma engenhoca para a minha wish list. A considerar.






4 comments:

Inês Maria Rocha Gonçalves Moura de Sousa said...

Aqui está uma excelente ideia porque torna a utilização de determinadas peças mais curtas mais versátil. Mas no fundo desejo que não seja muito difundida porque já estou a ver as imitações foleiras usadas insdiscriminadamente e já estou a imaginar a poluição visual que iria inundar as ruas.

Sara Chaves said...

Gosto bastante =D

Sara Chaves said...

Espera ai.. lembrei-me de um pormenor..
Depois podem ir para a maquina de lavar ? :S

Imperatriz Sissi said...

@Inês, de acordo: não me oporia a que uma ou duasmarcas de confiança fizessem a sua versão, mas imaginemos as cópias baratas e mal usadas. Que horror.


@Sara, essa é a dúvida de manutenção que eu tenho. Lavandaria?

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...