Recomenda-se:

Netscope

Monday, May 19, 2014

Odisseia apimbalhada.


Por esta não esperava eu: estava toda contente a ver o último episódio da série Odysseus, quando- surpresa das surpresas - tenho um momento já vi esta cara em algum lado

E eis que, em toda a sua glória e no papel de um herói de Ítaca, a julgar lealdade ao bravo príncipe Telémaco e pronto a desancar os espartanos (ah, valente!) me aparece...o David Carreira. Mataram-no logo a seguir, que os lacónicos nunca foram gente de cantiguinhas, mas não interessa -  está visto, está visto e já não consigo apagar tal imagem da minha cabeça.

 Pois eis que não sei o que pensar disto:

- Puxo o meu cabelo, cubro-me de cinzas e rasgo as vestes porque não li bem a ficha técnica?

- Dou a mão à palmatória e conformo-me com a estranha noção de que o rapazinho , que era um génio - e já se sabe que as mentes brilhantes podem nascer nos lares mais improváveis-  se entretinha a ler a Ilíada no chão do estúdio enquanto o pai gravava Sonhos de Menino?

-O Conservatório fechou, há escassez de actores capazes e eu não soube? Ou de súbito, todos os jovens actores portugueses estão tão cheios de ofertas de trabalho que se viram obrigados a recusar uma produção internacional?

- Louvo o menino por querer evoluir alguma coisa?

- Concluo que os franceses e italianos, como não conhecem a família Carreira, não perceberam que estavam a enfarruscar a produção?

 - Fico para ouvir o próximo single de David Carreira com uma versão tuntz tuntz dos cantos Homéricos acrescidos de um refrão do estilo "vou tentar TE esquecer"?

Só vos digo que foi uma sorte não porem o Toni a fazer de Homero - ou de Menelau. Por outro lado, pareceu-me que a série pecou por alguma falta de figurantes...as fãs do Toni decerto não se importariam de fazer de escravas troianas só para estar perto dele. Iam ser mais as escravas que os soldados em ítaca, e nem 300 espartanos chegariam para impôr a ordem...mas às tantas foi mal pensado. Ou não. A isto se chama brincar aos clássicos. Ou brincar com os clássicos. Nunca mais olho para as façanhas de Ulisses sem que me venha à ideia pic nics do Continente e coisas piores. 

Palavras para quê, são artistas portugueses...

Tenho de aprender de uma vez por todas que o meu país é pimba. Mesmo quando se sai com ideias de jeito.

4 comments:

Ulisses L said...

...mas...
...ainda não tinhas aprendido?!?

:)

Urso Misha said...

Penso que aconteceu alguma coisa ao comentário...
Se calhar cá vai novamente...
Acho que já tinha aparecido de relance num outro episódio, acho que a série não perde crédito por isso, se bem que o rapaz só disse uma frase ou assim e esboçou 3 a 4 sorrisos e foi tudo...
E também não foi grande herói pois é atingido quase no começo, mas acabei por não perceber bem a história dele ou à volta dele...
indo ao IMDB diz que tem 4 presenças (uau), deve ter sido como figurante só pode...

http://www.imdb.com/title/tt2141869/

Kaia Kakós said...

Eu fiquei na dúvida se era ele, pois não fazia sentido na minha cabeça...via e só repetia que não pode ser ele, mas é tão parecido...a ficha técnica, que eu fiz questão de esperar para ver, confirmou...como é que alguém escolhe fazer parte de uma produção destas e depois faz umas cantorias tão deprimentes e acéfalas? Será que está assim tão necessitado de dinheiro?

Imperatriz Sissi said...

Parece que ainda acredito no Pai Natal, Ulisses!
Urso, foi só uma personagem que morreu logo. E vá lá, já vi morrer pior, apesar de tudo. Só me desagrada a associação e ver tantos actores com formação de anos e anos sem trabalho, até porque duvido que as fãs do menino vejam uma série destas. Se vissem, sempre o David prestava um serviço público a educar essas cabeças tontas.

Kaia - eu nem esperei, fui à IMDB para ver com os meus próprios lhos. Creio que ele quererá representar e vai fazendo o que aparece. Não imagino que tenha tido especial empenho em participar nisto a não ser por se tratar de uma produção internacional, e como fala emigrantês, lá ficou.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...