Recomenda-se:

Netscope

Saturday, December 6, 2014

Cardeal Mazarin dixit: diz-me com quem andas...


"Para conheceres alguém, olha quem esse alguém frequenta"

Frequentar é como quem diz conviver com, fazer-se acompanhar de, trocar mimos nas redes sociais ou aprovar imagens, dever favores a, cumprimentar de perto, estar em contacto com...porque a não ser no caso de Bons Samaritanos que trabalhem com grupos de risco, boas almas que façam acções Missionárias junto de pecadores desorientados ou coisa que se pareça, nenhuma pessoa íntegra se orgulha de ombrear ou aparecer com gente duvidosa...ou simplesmente gente desagradável.

 Se um *aparentemente* bom rapaz se faz acompanhar de parvalhões, é provável que tenha ele próprio alguma coisa de parvalhão; se o mesmo bom rapaz tem muitas amigas de ar estranho...algo de errado se passa; se um figurão acima de toda a suspeita convive com mafiosos, se calhar não é tão honesto como isso; se uma jovem aparentemente bem comportada só tem amigas do piorio, com um mau ar terrível, e faz questão de as acompanhar... não vai decerto por um bom caminho; se uma senhora que parece muito bondosa conhece de perto todas as bisbilhoteiras da paróquia, não será pessoa a quem se confie um segredo...e assim por diante.

O Cardeal italiano Jules Mazarin, que sucedeu ao seu mentor (o célebre Richelieu) era um ás não só da realpolitik, mas também de todas as pequenas subtilezas e batotas sociais. Tal como Maquiavel, conhecia o piorzinho do ser humano e deixou um famoso Breviário dos Políticos  - bastante detalhado, assinale-se - para governo de cada um: dos maus e dos que precisam de fugir deles.

É caso para dizer que neste mundo de Deus só anda enganado quem tem preguiça de ler, ou quem não aplica o que vem nos livros.


No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...